Publicado por: Purpurina | Janeiro 11, 2010

Cartas para o Céu

Maia, 11 de Janeiro de 2009

 

Olá Minha Querida,

Hoje escrevo-te para te falar da Cármen.

A Cármen é uma menina de 4 anos, e tem leucemia mieloblástica aguda, e precisa de um dador de medula óssea.

Eu já me tinha cruzado com ela antes, mas fui cobarde e fiz de conta que não vi nada. Pensei que era mais fácil fugir do que ajudar, mas enganei-me, porque passado algum tempo, voltei a cruzar-me com a Cármen.

Quem fica indiferente ao poema da tia dela? A tia podia ser eu… Sabes que tenho um sobrinho lindo quase com a idade da Cármen?

Pensei em ti.

Eu que não pude ajudar-te, posso e devo ajudar esta menina!

Tirar sangue, nem que seja para uma amostra pequenina custa? Sim custa! Mas custa mais saber que a Cármen está a sofrer e eu não fiz o que podia.

Agora posso voltar a cruzar-me com a Cármen de consciência tranquila, porque já fiz o que devia!

Não te vou mentir, a ideia de ser chamada assusta-me imenso… mas nessa altura tenho de ser forte.

Para a Cármen e todas as Cármens, desejo toda a sorte do mundo.

Para Ti Minha Querida, fica um beijinho muito GRANDE cheio de carinho.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: